Categories
Uncategorized

Quanto tempo costumam deixar a comida fora do frigorifico?

A ciência diz que alimentos perecíveis deixados durante mais de 2 horas a temperaturas entre os 4.4 e os 60 graus devem ser descartados, sejam eles crus ou cozinhados. Claro que isto é uma regra que pouca gente segue. Imaginem deitar fora o que sobrou do bacalhau com natas porque ficou 2 horas na mesa enquanto o pessoal jantava e falava. Acontece? Não creio. Durante toda a minha vida deixei cenas fora do frigorifico durante horas. Não por opção, mas era o que a família fazia. Ninguém se preocupava muito. Que me lembre, nunca tive uma intoxicação alimentar severa. No máximo diarreia durante uns 2 dias, e nem sei se tem a ver com ter comido algo estragado. Portanto, isto é uma daquelas regras que não são necessariamente lineares. Se bem que conheço várias pessoas que morreram de intoxicação alimentar, portanto acho que é algo com o qual não se deve brincar.

Com o tempo tornei-me mais consciente relativamente a esta questão e sigo religiosamente a regra das 2 horas. Até menos. No entanto, isto tornou-se numa grande fonte de stress para mim, pois sempre que janto na casa de familiares noto que se estão a cagar para isto. Se for preciso, a comida do jantar fica durante horas a fio na mesa antes de a colocarem no frigorifico. No outro dia tinham acabado de comprar carne e até a cozinharem ficou em cima da banca durante mais de 2 horas. Por esta altura tudo o que me passava pela cabeça era dar-lhes um soco. É algo que me enfurece severamente, mas evito comentar porque sei que acaba em discussão. É um bocadinho como discutir COVID com um negacionista. Parece que há pessoas que têm uma limitação cerebral qualquer que as impede de conseguirem preocupar-se com a questão. Por vezes até parece que fazem de propósito para deixar a comida fora do frigorifico o maior tempo possível.

Vale a pena referir que, ao contrário do que muita gente pensa, cozinhar a comida não volta a torná-la própria para consumo. Sim, o calor mata as bactérias, mas não elimina as toxinas produzidas pelas mesmas. Outro facto que muita gente desconhece é que o tempo à temperatura ambiente é acumulável. Ou seja, se do supermercado até casa passar 1 hora, a carne que compraram já só tem mais 1 hora de vida fora do frigorifico. A partir daí as bactérias começam a multiplicar-se rapidamente e a minar o alimento com o seu lixo tóxico, que em casos mais severos pode mesmo levar à morte.

Costumam seguir esta regra, ou estão-se a cagar?

submitted by /u/theInjusticeamongus
[link] [comments]

Categories
Uncategorized

Traduções freelance – Fiverr e outros sites

Boas!

Recomendam o fiverr ou outros sites para traduções freelance Português- Inglês?

Penso que o Fiverr fica com 20% do pagamento, fora o que se paga por recibo verde. Existem sites como o one hour transalation, mas parece que nunca estão a aceitar pessoas novas. Gostava de saber se conhecem sites onde ainda haja alguma oferta, especialmente onde valorizem uma área de conhecimento mais específica.

No meu caso queria tentar traduções na área da medicina.

Obrigado!

submitted by /u/JOAO-RATAO
[link] [comments]

Categories
Uncategorized

Desabafo de quem ainda não sabe o que fazer da vida

Boas pessoal, desde já quero dizer que não sou nenhum escritor e que me desculpem pela sarrabulhada de ideas/desabafos que vou acabar de escrever sem ordem nenhuma mas tinha que desabafar com alguém e como não tenho amigos, pensei em vir cá.

Não quero dizer o meu nome mas neste momento tenho 24 anos e isto começa desde que saí da escola, aliás, começou antes, no último ano do curso já estava a faltar 2-3 dias por semana, andava todo perdido e não tinha vontade nenhuma de fazer qualquer coisa que fosse, mas pronto, 12º ano acabou e eu, completamente perdido e sem saber o que fazer acabei por me isolar no quarto durante 2 anos enfiado no PC, desde os 18 até aos 20. O único contacto que tinha era a minha família, o meu pai que passava a vida a trabalhar e a minha mãe que tinha tido um AVC forte á uns anos e nunca mais foi autónoma ou seja precisava de alguém para a ajudar a fazer coisas básicas como ir a casa de banho, e com o meu irmão que já não viva cá em casa e tinha a vida dele mas vinha cá de longe a longe. Nunca fui muito bom a socializar, sempre tive dificuldades em fazer amigos mas desde aí a ansiedade social é algo com que lido diariamente. Há vezes que me sinto bastante sozinho mas também não sei como mudar isso… Quer dizer, sei, mas ao mesmo tempo não sei, se isso faz algum sentido para vocês.

Bem, voltando atrás, claro que ficando sem fazer nada durante 2 anos, fiquei obeso (126kg na altura). Por volta dos meus 20anos, o meu irmão lá convenceu o meu pai a inscrever-me numa nutricionista, que me ajudou bastante e consegui perder bastante peso. Tive a ser acompanhado durante 8 meses e nesse tempo perdi cerca de 35kg. Hoje ainda estou gordito com cerca 85kg (acho eu, já nao me peso a uns meses lol) mas claro que me sinto bastante melhor fisicamente, ainda gostava de perder mais massa gorda mas não me sinto com capacidade mental para seguir um plano de exercicio e comer “saudável”.

Entre os 20 e os 21 o meu pai conseguiu arranjar-me um part time de 2h por dia num posto de combustível só para me tirar de casa. Resultou, comecei a lidar com mais pessoas (era eu que metia o combustível nos carros), sempre com bastante dificuldade e muito nervoso mas lá tentava fazer o meu melhor. Andei a fazer isto durante 1 ano, ganhei alguma confiança de volta em mim mas nem perto do que gostava de ter.

Em 2017 comecei a procurar um emprego a fulltime e claro, sendo eu do Norte e vivendo numa zona industrial, consegui emprego para uma fábrica têxtil. Duas semanas a trial a ver se aprendia a trabalhar com aquilo, empenhei-me e lá consegui o emprego. Trabalhei nessa fábrica até ao mês passado deste ano, trabalho duro e mal pago, como era de esperar mas tinha alguns colegas de trabalho com quem eu me dava minimamente bem, nada mais que isso mas sentia-me bem á volta deles, talvez porque já eramos colegas á 3 anos. Mudei-me para outra fábrica têxtil que me paga melhor mas claro, continua a ser um trabalho duro. Como não sei fazer amigos, neste último mês praticamente não falei com ninguém, apesar de ganhar mais, não me sinto bem, sinto-me sozinho e estou a começar a arrepender-me da mudança.

Neste momento tenho 24 anos, a caminho dos 25, tiro cerca de 715€ por mês e queria ir viver sozinho porque não tenho espaço para as minhas coisas e gostava de ser independente mas apesar de conseguir casa arrendada por 250/300€, não tenho grande dinheiro de parte para o resto das despesas iniciais (mobilia, etc), nem sei se com esse salário conseguiria viver sozinho. Não tenho grandes vícios a não ser jogar PC, tenho gastos normais de um carro, mas fora disso só necessidades básicas e comida. Também não tenho amigos portante saidas á noite e assim é 0, seja com covid ou sem covid.

Gostava de mudar para o turno noturno para ganhar mais um bocado (900 e tal, já não me lembro quanto me disseram ao certo) mas não tenho ninguém que cuide da minha mãe durante a noite porque o meu pai também trabalha de noite portanto fica fora de questão infelizmente, não sei quando ele vai meter os papéis para a reforma, apesar de já ter idade e anos de caixa, quando lhe pergunto quando o vai fazer ele diz que não sabe e abana os ombros como se levasse a mal portanto não quero estar a insistir no assunto.

Gostava de mudar de carro mas continuo a ter o mesmo problema, ganho pouco.

Gostava de mudar a minha área de trabalho mas não sei como o fazer ou para que área quero ir, a única coisa que gosto são PCs e dúvido que consiga arranjar trabalho nisso, apesar de ter experiência a lidar com hardware, normalmente só pedem pessoal com uni ou qualquer tipo de curso específico.

Gostava de conseguir fazer amigos mas continuo sem saber como o fazer, mesmo que tente, não sei ter aquela conversa que o pessoal chama de “small talk”, nem sei falar sobre alguma coisa que não goste ou tenha alguma opinião. Quando alguém tenta falar comigo pessoalmente, ou eu respondo e depois fica aquele silêncio awkward porque a pessoa deixa de falar ou eu respondo e digo alguma merda estúpida que só me apetece esconder. Sinto que tenho sempre aquela aura de “não fales para mim” á minha volta mas não sei como mudar isso.

Gostava de perder mais peso mas não me sinto capaz de ter a disciplina necessária para isso.

Gostava de ter mais confiança em mim.

Gostava de ser capaz de conseguir olhar para alguém nos olhos por mais de 1 segundo.

Gostava de não ficar todo atrapalhado quando alguém que não conheço fala comigo sobre algo que não estou a espera.

Vejo as pessoas que cresceram comigo a ter filhos, a ter bons empregos e carreiras profissionais, a comprar casa, a casar e sinto que estou a ver a vida a passar rápido e eu a ficar para trás.

Sinto que desperdicei oportunidades nos meus anos de escola seja em área profissional, seja a ser mais social e a fazer amigos e mantê-los, e quanto mais o tempo passa, mais o arrependimento começa a entrar-me na cabeça. Ando aqui perdido.

Bem é tudo, quem chegou a fim desta muralha de texto, um grande obrigado.

submitted by /u/le_dy0
[link] [comments]

Categories
Uncategorized

Podem recomendar-me alfarrabistas no Porto? Tenho alguns que já conheço bem mas gostava de saber de outros que desconheça! Obrigada e deixo aqui uma fotografia com uma mensagem do último livro que comprei 😊

Podem recomendar-me alfarrabistas no Porto? Tenho alguns que já conheço bem mas gostava de saber de outros que desconheça! Obrigada e deixo aqui uma fotografia com uma mensagem do último livro que comprei 😊 submitted by /u/andreiaz
[link] [comments]
Categories
Uncategorized

Porto 30 Nov. 19:54h

Porto 30 Nov. 19:54h submitted by /u/sofiarbteixeira
[link] [comments]
Categories
Uncategorized

Divergente recebe bolsa de jornalismo no valor de 150 mil euros

Divergente recebe bolsa de jornalismo no valor de 150 mil euros submitted by /u/mruiandre
[link] [comments]
Categories
Uncategorized

Empresários da restauração em greve de fome: “A fraqueza já se começa a sentir”

Empresários da restauração em greve de fome: "A fraqueza já se começa a sentir" submitted by /u/JonesyA12
[link] [comments]
Categories
Uncategorized

Pode um patrão deixar de pagar um dia por não haver trabalho?

O patrão do meu pai tem tiques de explorador, e hoje mandou-o ficar em casa porque não havia nada para fazer, visto que a empresa dele não efectua serviços no dia de hoje (transportes expresso).

Ora o meu pai diz-me que ele provavelmente não lhe vai pagar o dia, como já não tem dias de férias para gozar.

Tendo em conta que é um contrato normal, isto não é ilegal? A culpa de não haver trabalho não é do meu pai, parece-me injusto que estejam a cortar um dia do salário quando não se está em layoff, mas admito que possa estar muito enganado.

submitted by /u/randmzer
[link] [comments]

Categories
Uncategorized

Partilhar uma conquista: O meu livro foi publicado!

Olá a todos Redditores do r/portugal,

Gostaria de partilhar algo… O meu nome é Miguel Aparício e sou o autor do livro recém publicado «Lugar Incerto, Momentos de Poesia», um livro de… poesia. Gostava partilhar convosco um pouco o meu percurso.

I. O Início

No fim da década dos 90s a minha mãe estava a sofrer de cancro… sabendo ou não que seriam os seus últimos dias, deu-me a conhecer nessa altura diversos nomes da literatura portuguesa: Florbela Espanca, Fernando Pessoa (Ricardo Reis, Alberto Caeiro), Mário de Sá-Carneiro, entre outros… foi nessa altura que me apaixonei por poesia e usei a minha escrita como uma forma de libertar emoções e minimizar a dor.

II. O Porquê

Escrever ajudou-me a ir um pouco mais fundo de mim próprio, deu-me a oportunidade de me conhecer um pouco melhor dando-me uma visão geral das minhas emoções e sentimentos e no fundo foi uma parte integrante da minha sanidade mental. Penso que escrever deu-me uma oportunidade de me libertar e, ao mesmo tempo, ajudou-me ao meu desenvolvimento pessoal sem ter medo da minha própria minha intimidade… comigo.

Continuei a escrever com o passar dos anos… terminei o liceu, terminei a faculdade, emigrei para outras paragens mas continuei a escrever. Escrever serviu sempre como um escape metal, como um libertar de energia, como um contador de estórias e sentimentos.

III. O Fim

2020 foi um ano atípico para todos… Pessoalmente, ao procurar “uma mudança” fez-me olhar para as poesias que escrevi ao longo dos tempos… Apesar de não ser fácil a publicação de livros de novos autores em Portugal sobretudo livros de poesia, a Chiado Books interessou-se pelos meus manuscritos. Após revisões e revisões «Lugar Incerto, Momentos de Poesia» nasceu assim no fim de 2020. Talvez este não seja o melhor ano para lançar um livro, talvez este não seja o género literário com mais procura no mercado, talvez… tal como a sinopse descreve esta obra é parte de um caminho de quem se teve de perder várias vezes para se encontrar… talvez num ano tão atípico seja importante a partilha de sentimentos…

O livro está na sua fase inicial de comercialização. Até ao final da semana, será apresentado a todas as livrarias do comércio tradicional e aos grandes grupos comerciais (Fnac, Sonae, ECI, Bertrand, Sonae, CTT, Auchan, entre outros) que farão encomenda da obra se assim entenderem. No caso da não-encomenda a obra estará sempre disponível em qualquer balcão através de encomenda.

Neste momento, está já disponível no site da Chiado Books, onde pode ser adquirido por todos os leitores, a partir de qualquer parte do mundo. O link é o seguinte: Lugar Incerto, Momentos de Poesia

Desculpem esta shameless plug, como Redditor de vários anos (esta não é a minha conta principal!) quis partilhar esta conquista neste meio, espero que não levem a mal. Talvez esteja a influenciar novos autores?…

Obrigado.

submitted by /u/LugarIncerto
[link] [comments]

Categories
Uncategorized

Iniciativa Liberal e Chega foram os partidos que dominaram as redes durante a pandemia

https://www.publico.pt/2020/11/30/politica/noticia/iniciativa-liberal-chega-partidos-dominaram-redes-durante-pandemia-1941104

Nas principais redes sociais utilizadas pelos partidos portugueses, PCP, BE, PEV, PAN, PS, PSD, CDS, Iniciativa Liberal e Chega somam 1,8 milhões de seguidores, de acordo com os dados de Outubro disponibilizados pela Foxp2, uma empresa portuguesa que mede e analisa dados públicos. Aproximadamente 70% dos seguidores estão no Facebook, o que fornece aos partidos indicadores como idade, género, educação, estado civil, profissão e residência. Segue-se o Twitter (com 17 % dos seguidores) e o Instagram (13%).

...

Apesar de os números mostrarem que a popularidade online não se traduz necessariamente nas escolhas eleitorais, vale a pena assinalar que são os partidos mais jovens e mais pequenos que mais dominam as redes e que mais potenciaram as suas contas online durante a pandemia.

submitted by /u/camilo12287
[link] [comments]