Categories
Uncategorized

Ajuda médica

Bom dia.

Gostava de pedir um aconselhamento sobre a situação em que me encontro e peço desculpa pela questão final que provavelmente é banal mas já não vou ao médico há uns valentes anos.

Sou um jovem adulto que Já há uns 3 anos para cá que venho a sofrer de forma intermitente de fortes dores no ombro que irradia para braço e antebraço. Essas dores aparecem gradualmente e vão agravando. Duram á volta de um mês e pouco e acabam por passar, até 3 ou 4 meses depois começar a ter novos episódios. Na sua pior versão durante a noite atingem picos agudos que basicamente fazem com que acorde com dores fortíssimas e não volte a dormir. As coisas pioraram agora com o novo trabalho que tenho que é mais duro fisicamente. Nunca fui ao médico por causa disto, mas num autodiagnóstico rápido, certamente que são dores provenientes de uma tendinite ou algo parecido que não ficou resolvido.

Acontece que acho que preciso de uma vez por todas de tentar resolver isto, mas tal como quase todos os jovens adultos em Portugal, estou apertado a nível de dinheiro. Tenho um fisioterapeuta no ginásio que leva 10 euros por sessão. Se precisar de muitas sessões a coisa fica realmente díficil para mim. Talvez por isso nunca tenha ido ao médico, porque já sei o que me espera na melhor das hipóteses. Na pior é cirurgia ou uma treta pior.

A questão que coloco é a seguinte, se for ao médico de família, para além da taxa que se paga pela consulta, se ele me receitar fisioterapia ela é comparticipada pelo Estado ou tenho de pagar tudo por minha conta.

submitted by /u/a21800948
[link] [comments]