Categories
Uncategorized

Raios parta o otimismo português

Raios parta o otimismo português submitted by /u/Chimpazedamoita
[link] [comments]
Categories
Uncategorized

Hipótese: No programa “Joker”, se usarmos um poker e escolhermos a resposta que não é eliminada, então temos uma probabilidade de 50% de acertar na pergunta.

Boas malta,

Estou aqui numa enorme discussão com os meus amigos sobre este assunto.

Ontem estava a jantar, a minha mãe a falar comigo, telejornal a dar e de repente lembrei-me do Joker (normalmente quando estou a jantar já está a dar o Joker) e passou-me um pensamento pela cabeça:

  • Se usarmos um poker e escolhermos a resposta que não é eliminada, então temos uma probabilidade de 50% de acertar na pergunta.

Ora eu tentei explicar isto aos meus amigos e fui enchuvalhado e até agora ainda só consegui trazer 1 amigo para o meu lado mas ainda não consegui perceber onde é que o meu raciocínio está errado, por favor ajudem-me.

Premissas:

  • Se eu pudesse bloquear duas respostas e ganhasse caso a resposta correta fosse uma delas, então a minha probabilidade de ganhar seria 50%.

(Isto eu consigo convencer o pessoal, faz sentido na cabeça, tens 4 respostas, escolhes 2, se acertares ganhas se falhares perdes, tudo bem.)

  • Portanto no nosso caso vamos imaginar as duas respostas como um bloco. Existem os 6 blocos:
    • AB
    • AC
    • AD
    • BC
    • BD
    • CD

Olhando para os blocos vemos que cada resposta está contida em 3 blocos (metade dos 6 blocos), ou seja, escolhendo um bloco aleatório a probabilidade da resposta estar nesse bloco é 50%.

Exemplo: Eu escolho o bloco AB (bloco random). Temos agora 4 cenários que são a resposta certa ser A,B, C ou D.

Se a resposta certa for A ou B eu ganhei. Se a resposta certa for C ou D eu perdi.

Ora isto é o que acontece no Joker. Ao usar um joker elimino uma resposta do bloco ou seja temos dois cenários apenas:

  • Ou eu escolhi o bloco certo e o joker vai eliminar a resposta errada, eu escolho a outra e ganho

  • Ou eu escolhi o bloco errado e o joker vai eliminar uma resposta aleatoria (errada), eu escolho a outra (errada) e perco.

Mas o unico acontecimento aqui é eu escolher um bloco. A partir do momento que eu escolhi o bloco, o meu “destino está traçado” – se eu acertei no bloco ganhei se eu falhei perdi. A probabilidade do bloco ter a resposta certa é 50% logo a probabilidade de eu acertar na pergunta é 50%.

Por favor expliquem me se estou errado, porque é que estou errado, se tiver certo como consigo explicar aos meus amigos melhor que isto. Ajudem-me.

Deixo o problema das 3 portas que acho extremamente semelhante para verem se tiverem com duvidas:

https://en.wikipedia.org/wiki/Monty_Hall_problem

EDIT: é joker não poker…..

submitted by /u/Skurtarilio
[link] [comments]

Categories
Uncategorized

Não posso entrar no país, não tendo PCR negativo? (Tive covid, cumpri quarentena, posso continuar a dar positivo durante 12 semanas)

Boas malta, espero que esteja tudo bem convosco.

Estou aqui com um problema que talvez me consigam ajudar: fui infetado com covid aqui há uns tempos, na Dinamarca, onde estou a estudar. Cumpri quarentena, vou receber o passaporte corona, valido por 6 meses nos países europeus que já aderiram (li hoje que Portugal adere dia 1 de julho) e, segundo o que as autoridades cá me dizem, não devo fazer testes nos próximos 3 meses, porque é muito provável que dê positivo.

A questão é que para voltar a Portugal, parece que é preciso ter um teste PCR negativo, e que de outra forma não é possível entrar no avião.

Já liguei para a embaixada, não me sabem ajudar, liguei para o SEF 2 ou 3 vezes, nem me atendem, Saúde 24, dizem para tentar entrar no avião sem teste, e depois ao chegar fazê-lo, mas desta forma estou a cumprir uma contra-ordenação e seria muito provavelmente uma complicação…

Alguém já esteve nesta situação??

submitted by /u/jlouzada
[link] [comments]

Categories
Uncategorized

Eduardo Cabrita vangloriou-se pela descida da sinistralidade rodoviária e da criminalidade. Num ano em que Portugal esteve fechado em casa.

Eduardo Cabrita vangloriou-se pela descida da sinistralidade rodoviária e da criminalidade. Num ano em que Portugal esteve fechado em casa. submitted by /u/AonioEliphis
[link] [comments]
Categories
Uncategorized

Carta dos direitos digitais. PS prepara projeto-lei para acabar com críticas de limitações à liberdade de expressão

submitted by /u/heartlessfam
[link] [comments]

Categories
Uncategorized

Cristina Ferreira vai ter de pagar 161 mil euros ao Fisco

submitted by /u/d33pblu3g3n3
[link] [comments]

Categories
Uncategorized

Casas. Escassez de imóveis nos centros urbanos mantém preços elevados

Casas. Escassez de imóveis nos centros urbanos mantém preços elevados submitted by /u/Rememberwhoweare
[link] [comments]
Categories
Uncategorized

Ana Paula Vitorino, mulher de Eduardo Cabrita e deputada do PS indicada pelo Ministro das Infraestruturas para presidir à Autoridade da Mobilidade e dos Transportes

“Nem Pedro Nuno Santos nem Ana Paula Vitorino prestaram declarações sobre o assunto. Caso a nomeação se concretize, a antiga ministra do Mar irá auferir uma remuneração-base de 12 mil euros mensais, aos quais poderão ser acrescentados 4800 euros referente a despesas de representação. “

Fontes – A notícia do Expresso: https://expresso.pt/politica/2021-06-04-Ana-Paula-Vitorino-e-a-escolha-do-Governo-para-presidir-a-Autoridade-da-Mobilidade-e-dos-Transportes-50041a84

Os vencimentos: https://www.amt-autoridade.pt/media/1375/decis%C3%A3o-1_2015-da-cv-amt.pdf

Decididamente a competência é uma coisa de família no PS, aquilo pega-se.

submitted by /u/TulioGonzaga
[link] [comments]

Categories
Uncategorized

Novo scam. Tenham cuidado.

Novo scam. Tenham cuidado. submitted by /u/PedroFaria99
[link] [comments]
Categories
Uncategorized

Curiosidade: alguém se importa de ser revistado nos supermercados?

Nos últimos tempos noto que em alguns supermercados é uma prática cada vez mais habitual pedirem na caixa para verem o conteúdo dos sacos que trago comigo, independentemente do tipo de saco, tamanho, estar aberto ou fechado.

Na verdade, frequento sempre um Pingo Doce perto do trabalho (faço as compras ao dia e não à semana/quinzena) e esta prática deixa-me sempre desconfortável, porque além de não ter nenhum comportamento suspeito, frequento aquele Pingo Doce há 8 anos quase diariamente e sinto-me um criminoso sempre que trago algo comigo, além da invasão de privacidade. São os meus bens e ninguém devia ter nada a ver com isso, exceto se alguém me visse a roubar algo. Não sei como não se cansam de olhar todos os dias para o meu almoço numa tupperware.

Isto também vos acontece? Cheguei a fazer uma reclamação no livro por uma situação onde foram bastante indelicados, e na altura responderam que iam passar a informação à gerência.

”Não gostas, não vás lá mais”. Faz todo o sentido, mas a verdade é que me dá imenso jeito ir àquele supermercado, pois não tenho carro. Entretanto continuei a fazer compras e lá me iam pedindo para ver tudo o que trazia comigo, mas hoje achei ridículo pedirem para ver uma daquelas sacas minúsculas de papel da farmácia.

Toda esta situação é agravada por não pedirem para ver malas de senhora ou mochilas. Sinto uma certa discriminação, e não sei em que é que se baseia. Já comentei várias vezes que não fazia sentido revistarem as pessoas que não são suspeitas de roubo, mas fazem ouvidos moucos e ”são regras”. Também sou meio alérgico a confrontos (ansiedade), por isso engulo a seco…

Farei nova reclamação e desta vez não voltarei mesmo a ir lá. No entanto, estou curioso se isto acontece a mais alguém ou se também se incomodam, ou se sou só eu que sou extra sensível xD

submitted by /u/logicandproportion
[link] [comments]