Categories
Uncategorized

Covid e estupidez Tuga

Já sabemos que vivemos numa era curiosa, onde todos os que têm uma conexão à internet e uma rede social acham que são especialistas. Por outro lado, cada um vive na sua “bolha”, na própria câmara de eco que gera vieses de confirmação. Isto poderia ser combatido com raciocínio crítico, mas a maioria não tem.

Primeiro, um facto científico: O Covid não é um vírus como os outros. É mais infeccioso do que a gripe e tem uma maior taxa de mortalidade (sim, é verdade, a maioria da população não vai morrer de covid, o risco é quase nulo abaixo dos 30, mas acima dos 65 é qualquer coisa como 2.4% até 7.6% aos 75 anos – https://www.nber.org/system/files/working_papers/w27597/w27597.pdf).

Ora, isto significa que a quantidade de pessoas que pode ir parar ao hospital é muito grande, entupindo os recursos. Curiosamente, são as pessoas que acham que o vírus é uma fantasia ou não é perigoso e que deixaram de ter cuidados, que levaram ao aumento da taxa de infeção e ao entupir dos hospitais.. clComo não há recursos infinitos, sabemos hoje que provavelmente 7000 pessos morreram a mais por causa da pandemia, mas não de Covid.

No fundo é um paradoxo, o discurso da desvalorização do vírus, é o mesmo que leva a maior infeção, mais pessoas no hospital e maior necessidade de fechar a economia.

Há ainda os arautos das teorias da conspiração, que acham que destruir a economia ou tomar medidas impopulares é uma vontade secreta dos políticos (nem falo do 5g ou cenas absurdas) … Não se percebe muito bem qual seria o objetivo. Não ser eleito? Receber dinheiro do lobby das máscaras? Não faço ideia… Mas há uma coisa que, ao contrário dos recursos hospitalares, me parece infinita – a estupidez humana.

submitted by /u/vgasmo
[link] [comments]