Categories
Uncategorized

Desabafo de quem ainda não sabe o que fazer da vida

Boas pessoal, desde já quero dizer que não sou nenhum escritor e que me desculpem pela sarrabulhada de ideas/desabafos que vou acabar de escrever sem ordem nenhuma mas tinha que desabafar com alguém e como não tenho amigos, pensei em vir cá.

Não quero dizer o meu nome mas neste momento tenho 24 anos e isto começa desde que saí da escola, aliás, começou antes, no último ano do curso já estava a faltar 2-3 dias por semana, andava todo perdido e não tinha vontade nenhuma de fazer qualquer coisa que fosse, mas pronto, 12º ano acabou e eu, completamente perdido e sem saber o que fazer acabei por me isolar no quarto durante 2 anos enfiado no PC, desde os 18 até aos 20. O único contacto que tinha era a minha família, o meu pai que passava a vida a trabalhar e a minha mãe que tinha tido um AVC forte á uns anos e nunca mais foi autónoma ou seja precisava de alguém para a ajudar a fazer coisas básicas como ir a casa de banho, e com o meu irmão que já não viva cá em casa e tinha a vida dele mas vinha cá de longe a longe. Nunca fui muito bom a socializar, sempre tive dificuldades em fazer amigos mas desde aí a ansiedade social é algo com que lido diariamente. Há vezes que me sinto bastante sozinho mas também não sei como mudar isso… Quer dizer, sei, mas ao mesmo tempo não sei, se isso faz algum sentido para vocês.

Bem, voltando atrás, claro que ficando sem fazer nada durante 2 anos, fiquei obeso (126kg na altura). Por volta dos meus 20anos, o meu irmão lá convenceu o meu pai a inscrever-me numa nutricionista, que me ajudou bastante e consegui perder bastante peso. Tive a ser acompanhado durante 8 meses e nesse tempo perdi cerca de 35kg. Hoje ainda estou gordito com cerca 85kg (acho eu, já nao me peso a uns meses lol) mas claro que me sinto bastante melhor fisicamente, ainda gostava de perder mais massa gorda mas não me sinto com capacidade mental para seguir um plano de exercicio e comer “saudável”.

Entre os 20 e os 21 o meu pai conseguiu arranjar-me um part time de 2h por dia num posto de combustível só para me tirar de casa. Resultou, comecei a lidar com mais pessoas (era eu que metia o combustível nos carros), sempre com bastante dificuldade e muito nervoso mas lá tentava fazer o meu melhor. Andei a fazer isto durante 1 ano, ganhei alguma confiança de volta em mim mas nem perto do que gostava de ter.

Em 2017 comecei a procurar um emprego a fulltime e claro, sendo eu do Norte e vivendo numa zona industrial, consegui emprego para uma fábrica têxtil. Duas semanas a trial a ver se aprendia a trabalhar com aquilo, empenhei-me e lá consegui o emprego. Trabalhei nessa fábrica até ao mês passado deste ano, trabalho duro e mal pago, como era de esperar mas tinha alguns colegas de trabalho com quem eu me dava minimamente bem, nada mais que isso mas sentia-me bem á volta deles, talvez porque já eramos colegas á 3 anos. Mudei-me para outra fábrica têxtil que me paga melhor mas claro, continua a ser um trabalho duro. Como não sei fazer amigos, neste último mês praticamente não falei com ninguém, apesar de ganhar mais, não me sinto bem, sinto-me sozinho e estou a começar a arrepender-me da mudança.

Neste momento tenho 24 anos, a caminho dos 25, tiro cerca de 715€ por mês e queria ir viver sozinho porque não tenho espaço para as minhas coisas e gostava de ser independente mas apesar de conseguir casa arrendada por 250/300€, não tenho grande dinheiro de parte para o resto das despesas iniciais (mobilia, etc), nem sei se com esse salário conseguiria viver sozinho. Não tenho grandes vícios a não ser jogar PC, tenho gastos normais de um carro, mas fora disso só necessidades básicas e comida. Também não tenho amigos portante saidas á noite e assim é 0, seja com covid ou sem covid.

Gostava de mudar para o turno noturno para ganhar mais um bocado (900 e tal, já não me lembro quanto me disseram ao certo) mas não tenho ninguém que cuide da minha mãe durante a noite porque o meu pai também trabalha de noite portanto fica fora de questão infelizmente, não sei quando ele vai meter os papéis para a reforma, apesar de já ter idade e anos de caixa, quando lhe pergunto quando o vai fazer ele diz que não sabe e abana os ombros como se levasse a mal portanto não quero estar a insistir no assunto.

Gostava de mudar de carro mas continuo a ter o mesmo problema, ganho pouco.

Gostava de mudar a minha área de trabalho mas não sei como o fazer ou para que área quero ir, a única coisa que gosto são PCs e dúvido que consiga arranjar trabalho nisso, apesar de ter experiência a lidar com hardware, normalmente só pedem pessoal com uni ou qualquer tipo de curso específico.

Gostava de conseguir fazer amigos mas continuo sem saber como o fazer, mesmo que tente, não sei ter aquela conversa que o pessoal chama de “small talk”, nem sei falar sobre alguma coisa que não goste ou tenha alguma opinião. Quando alguém tenta falar comigo pessoalmente, ou eu respondo e depois fica aquele silêncio awkward porque a pessoa deixa de falar ou eu respondo e digo alguma merda estúpida que só me apetece esconder. Sinto que tenho sempre aquela aura de “não fales para mim” á minha volta mas não sei como mudar isso.

Gostava de perder mais peso mas não me sinto capaz de ter a disciplina necessária para isso.

Gostava de ter mais confiança em mim.

Gostava de ser capaz de conseguir olhar para alguém nos olhos por mais de 1 segundo.

Gostava de não ficar todo atrapalhado quando alguém que não conheço fala comigo sobre algo que não estou a espera.

Vejo as pessoas que cresceram comigo a ter filhos, a ter bons empregos e carreiras profissionais, a comprar casa, a casar e sinto que estou a ver a vida a passar rápido e eu a ficar para trás.

Sinto que desperdicei oportunidades nos meus anos de escola seja em área profissional, seja a ser mais social e a fazer amigos e mantê-los, e quanto mais o tempo passa, mais o arrependimento começa a entrar-me na cabeça. Ando aqui perdido.

Bem é tudo, quem chegou a fim desta muralha de texto, um grande obrigado.

submitted by /u/le_dy0
[link] [comments]