Categories
Uncategorized

Desabafo: Ser trabalhadora de Supermercado.

Estou aqui para dar um desabafo, que muitos podem dar a sua opinião. Acredito que isto pode já ter acontecido a muitos que já chegaram a trabalhar em Supermercados, ou que estão a sofrer do mesmo.

Sem medo de identificar, trabalho no “famoso” Intermarché. Tenho tolerado uma regra que a chefe de loja impôs, que só serão pagas as horas extra só com a autorização dela, ou seja.. quando ela o pedir. Entretanto não dá as condições necessárias para os trabalhadores conseguirem sair a horas, sendo que estamos a trabalhar sem ganhar um único tostão. Ou descontar nas horas em dívida (que foram colocadas na época de emergência do covid-19… Que por sua vez, decidiram pagar os ordenados tal e qual e ficar a dever horas, sem qualquer aviso ou informação).

Outro caso que está a acontecer a muitos dos meus colegas, e outras pessoas que já trabalharam neste Intermarché, e que acredito que a mim também irá acontecer, é.. se meter baixa, ou ter que faltar por motivos médicos, ou filhos, etc.. a nossa chefe de loja mete um “castigo” subtil como os horários mais cansativos e impossíveis de podermos viver a nossa vida pessoal.

Cheguei ao meu limite, pois a pouco tempo perdi a minha querida avó.. sendo que eles querem-me fazer trabalhar num dos dias no qual tenho todo o direito. Por lei, confirmado pela advogada e ACT, feriados e folgas, NÃO CONTAM. No qual eles querem contar com uma das minhas folgas.

Enviei um e-mail para o Intermarché da minha região, mas acredito que nem vão dar importância ou tirar uns minutos para ler. Acredito que a melhor decisão será fazer queixa à ACT.

Alguma opinião ou conselho do que poderei fazer?

submitted by /u/GoddessOfSake
[link] [comments]