Categories
Uncategorized

Incompetencia da camara de Évora ou somos ignorados pelo goverdo? (rant de ciganos)

Isto é ridiculo há anos, mas hoje foi o dia que me levou a refilar no reddit. Isto não é nada a comparar com o obrigarem as miudas a casar aos 14, educarem crianças no meio do mato sem minimas condições e cagarem as matas todas quando deixam o acampamento. (Nesta ultima, acho um milagre não surgirem incendios onde vivo.) Aliás, quem vem de Lisboa para Évora é recebido por umas tantas tendas do lado esquerdo da estrada e seus cavalos subnutridos (além dos maus tratos animais, se um deles se solta para a estrada, o acidente será bonito num sitio onde anda tudo à acelera…) .

Já guardo rancor a estes ”vizinhos” há algum tempo… Há 3 anos quando apareceram aqui ao pé do mato, a nossa garagem foi assaltada pela primeira vez. ‘Coincidencia’ claro. A policia não tinha provas, não fez nada. Quando uma amiga minha os reportou de andarem a bater nos cavalos, (o que além do abuso, acorda todo o bairro) também disseram que não podiam fazer nada sem provas.

Sei como são as coisas. É ouvidos moucos e nunca fazem nada. Porém, ao menos avisarei seguranças de supermercados dum esquema que os fulanos usam que hoje me danou.

Hoje, cheguei ao supermercado com o meu pai de 75 anos, (ele tem problemas nas pernas e precisa de ajuda nestas coisas), vou ao lote dos carrinhos e umas crainças de idade entre os 10-12 anos veem-me pedir uma moeda. Isto não me surpreende, já anormal normal. É exploração infantial, ams quem quer saber né?

Enfim, fazemos as minhas compras, chegamos à caixa e vamos para a fila de atendimento rápido. Por causa do covid, hj as filas tavam grandinhas. Há nossa frente estava uma mulher, um Sr. defeciente e uma idosa com mais de 90 anos. Entretanto, chega lá uma cigana com um bebé de 1 ano ao colo e passa à frente de todos. Como só tinha um pacote de algudão, ninguém ligou.

O tempo passa, eu e o meu pai lá estamos e a mulher volta com o bebé ao colo à caixa rapida novamente só com um item. Ora desta vez eu reparo na sua roupa, e vejo um casaco grosso com bolsos grandinhos e cheios. (roupa estranha para o tempo de hoje btw) Ela passa à frente de todos, e desta, só eu e o meu pai a reconhecemos, aqueles que já lá estavam foraam todos atendidos entretanto….

Depois pagamos as coisas, arrumamos os saco e e vamos embora e vejo a mesma mulher com o bebé a entrar mais uma vez no supermercado…

Eu denuncio-a ao guarda que vigiava a entrada por causa do covid, e o rapaz diz-me que agora não pode fazer nada, pois é o unico que lá está… Bonito.

Voltamos para o carro, vou devolver o carrinho ao lote e ai vejo as parecenças obvias das crianças a pedir esmola e a mãe, a mulher que andava com o bebé ao colo.

Ou seja, só esta tarde vi a exploração infantil (e o facto das miudinhas brincarem nos carrinhos onde todos tocam sem mascara), o roubar e empatar a fila rápida cheia de pessoas como o meu pai que nao podem estar muito tempo de pé.

Há tantos problemas com os ciganos, que faz-me uma confusão tremenda como não fazem nada quanto ao assunto. É que isto é pura incompetencia da nossa camara de não por mais pressão no governo para dar fundos para tratar deles (O nosso belissimo presidente da camara disse que limpar as ruas era um desperdicio de dinheiro, por isso não me surpreendia se fosse incompetencia do Sr. Carlos Pinto de Sá… não deve sair muito da camara e da sua casinha), ou então é mesmo o governo que não quer saber. Seja como for, eu e Évora toda estamos fartos destes gajos. Nem me surpreende que o Ventura tenha escolhido esta cidade comunista para a convenção. (yes think about it, uma convenção faixos numa cidade de velhos comunistas que estiveram no 25 de abril.) É o quão mau isto está.

submitted by /u/VoxelRiot
[link] [comments]