Categories
Uncategorized

questão sobre a legalidade de discotecas cobrarem mais a homens do que a mulheres

Nos dias que se vivem, a discriminação devido a gênero/sexo têm vindo a ser topico de debates com diversas pessoas que conheço. Ontem estava a pensar que um homem ter que pagar mais que uma mulher é puramente uma questão discriminatória, de modo a usar mulheres como isco para atrair mais homens para as discotecas. Em mais nenhum estabelecimento publico se verifica diferença de preço para O Mesmo Serviço (eu sei que cortes de cabelo para mulheres sao mais caros, e tambem lavandarias que cobram mais para roupa de mulher; nao se trata do mesmo serviço, pois os cortes de cabelos das mulheres sao mais caros devido aos produtos que se usam no cabelo e o corte ser mais elaborado, e as lavandarias qur fazem isso, nao utilizam maquinas industriais, mas fazem passos a mão, pela roupa ser mais delicada). A minha questão é se é legal um estabelecimento publico cobrar mais a um sexo do que a outro. Nota-se que a placa que afirma “reservado o direito de admissão ” deixou de poder ser utilizada desde o 25 de abril, e na lei (que encontrei no google) apenas autorizam a nao entrada a pessoas alcoolizadas ou com um dress code nao apropriado

submitted by /u/GustaQL
[link] [comments]