Categories
Uncategorized

Vergonha sem precedentes: Autódromo do Algarve GP F1

Nos últimos anos Portugal tem organizado com sucesso diversos eventos de dimensão internacional. Quer seja no desporto, música, etc.

O Grande Prémio de Fórmula 1 no final de Outubro é o proximo evento deste tipo. Qual é a novidade? É que desta vez tudo indica que será a pior organização de sempre em Portugal… Vamos a factos:

  • site de venda de bilhetes totalmente incapaz de dar resposta ao evento. Um site em WordPress que estaria impecável para promover uma mercearia mas não um evento deste tipo. São inúmeros os relatos de utilizadores que simplesmente não conseguem utilizar o site;

  • das pessoas que conheço que compraram bilhete, e dos muitos relatos nas redes sociais do autódromo, temos: — pessoas que nem conseguiam abrir o site por excesso de tráfego; — pessoas que não conseguem registar-se; — mail de recuperação da palavra passe que nunca chega; — pessoas que concluíram a compra mas não recebiam mail com os dados de pagamento; — pessoas que receberam os dados e pagaram mas não receberam qualquer comprovativo ou confirmação; — pessoas que receberam os dados, pagaram e passado uns dias a compra foi anulada e o dinheiro devolvido (por a lotação da bancada ter sido excedida);

  • capacidade de resposta do autódromo nula (principalmente nas primeiras semanas). Estive 5 dias consecutivos a tentar telefonar sem qualquer resposta. E-mails também sem qualquer resposta (mais uma vez ver os relatos no Facebook do autódromo);

  • cobrar 20€ pelo envio de um bilhete em papel? Ok só compra quem quer mas é simplesmente ridículo;

  • o próprio envio era escusado (usar bilhetes digitais), principalmente tendo iniciado os envios tão perto da data do evento. Muita gente não vai receber bilhete nenhum a tempo;

  • um filme se a pessoa quiser trocar um bilhete por outra bancada (nem me vou alongar com a minha história);

  • começaram a dizer que iam colocar os nomes das pessoas nos bilhetes. Tudo bem. Agora toda a gente recebe os bilhetes mas não têm nome nenhum. No entanto dizem que vão controlar as identificações à entrada. Ora numa encomenda com vários bilhetes como sei qual é o de cada pessoa pelo código de barras?

  • envio de faturas inexistente. Recordo que a emissão da mesma é obrigatória, não tem de ser a pessoa a pedir;

  • no contexto do Covid e como o evento atravessa a hora de almoço, deveriam permitir a entrada de comida. Não faz sentido meter milhares de pessoas a fazer fila para comer nos pontos de comida;

E com isto tudo estamos a pouco mais de uma semana do evento. Sinceramente estou receoso com o que vou encontrar num dia que sempre pensei seria de festa…

submitted by /u/mpp21
[link] [comments]